Coletor de dados auxilia funcionários de loja de departamentos

1 fevereiro 2015
Category
Tech
Comments Comentários desativados em Coletor de dados auxilia funcionários de loja de departamentos

Com o coletor de dados, aumenta a qualidade do atendimento ao consumidor

Agora, o coletor de dados também faz parte das equipes de “Posso te ajudar?” em grandes lojas de departamento. Esses estabelecimentos, que contam com milhares de produtos separados por categorias, sempre utilizaram o autoatendimento por parte dos clientes, e ao mesmo tempo investiam em equipes que eventualmente poderiam tirar dúvidas e organizar a loja. Com um número imenso de opções, as empresas que oferecem um atendimento mais qualificado conseguem a simpatia dos consumidores.

“Mesmo que a loja não tenha vendedores, como as boutiques menores, é importante ter um suporte com relação a numeração, ou política de trocas, nós, enquanto compradores, gostamos de ser mimados”, brinca a estudante de direito Leticia M. Braga, que revela passar horas nessas lojas. “Temos em um mesmo lugar tudo que uma mulher precisa: roupas, sapatos, perfumes. O paraíso deve ter esse formato, inclusive com o funcionário usando o coletor de dados para tirar as suas dúvidas”.

O coletor de dados funciona como um computador, só que em um formato reduzido para caber na palma da mão. Dependendo do modelo, ele pode funcionar com sistema Microsoft Windows Mobile ou com o Google Android, e tem suas próprias versões da maioria dos aplicativos presentes nos desktops. Outra vantagem é a possibilidade de se conectar à rede via conexão wlan ou à outros componentes via bluetooth.

“Na loja, mantemos sempre um coletor de dados com cada colaborador, e é importante que ele esteja conectado à nossa intranet para ter acesso às informações de estoque, preços, descontos e outras informações que o cliente possa solicitar. O bluetooth permite a conexão com impressoras, o que também é outro facilitador”, explica Tatiana B. Fernandes, gerente de loja de uma das maiores representantes do setor.

Além de acessar a rede e o sistema da loja, o coletor de dados é equipado com leitor de código de barras. “Esta é a ferramenta que mais usamos, porque ao ler o código da peça, o sistema responde com tudo que é necessário. O cliente fica satisfeito porque o atendimento se torna personalizado”, diz Sandra R. Morais, funcionária de uma megaloja de artigos esportivos. “Já trabalhei em outras lojas, e esse forma de administração que encontrei aqui é a mais eficiente. Podemos consultar o estoque em tempo real”, ela acrescenta.

O coletor de dados também permite a comunicação com outros setores. Alguns modelos da Motorola, que é líder deste mercado, contam com o famoso sistema de rádio companhia, e ele se integra perfeitamente aos outros modelos produzidos pela empresa. “Este quesito, faz do coletor de dados um equipamento completo. O uso do rádio é comum para verificar se algum produto especifico está na área de trocas ou do provador. Além de tudo que o nosso sistema proporciona, o aparelho nos permite nos conectarmos uns com os outros em poucos segundos. É uma ferramenta mágica”, finaliza a gerente Tatiana

Comments are closed.